• Esporte
  • Taça das Favelas Rio terá os seus Dias de Peneiras (DIPE’s) em 14 e 15 de março, com campanha de doações para pessoas que sofreram perdas com as chuvas que acometeram a Zona Oeste do Rio de Janeiro

No final de semana dos dias 14 e 15 de março, vão acontecer os Dias de Peneiras (DIPE’s) da Taça das Favelas Rio 2020. As mais de 100 favelas, que vão participar desta última fase do maior campeonato de futebol entre favelas do mundo, vão receber, em média, 400 jovens que vão disputar uma vaga na seleção da sua favela. Envolvendo mais de 90 mil jovens moradores de favelas. 

Cada favela terá que montar a sua seleção para disputar o torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela, com 30 atletas. Entre os meninos, a idade é de 14 a 17 anos. No feminino, é ilimitada. 

Nos dias de atividade, a CUFA, junto com a Taça das Favelas, irá promover uma campanha de doações para as pessoas que foram castigadas pelas chuvas que acometeram o Rio de Janeiro, fazendo com que moradores da Zona Oeste da cidade fossem os maios afetados. 

“A ideia não foi nossa, foi dos próprios jovens. Estamos apenas organizando as doações e a entrega do material, ajudando a impulsionar o espírito de solidariedade desta juventude, que é o papel da CUFA em várias frentes”, disse Nega Gizza, diretora da CUFA Rio. 

A partir de então, está sendo feita uma grande mobilização com as lideranças das favelas para que os seus atletas levem alimentos não-perecíveis, produtos de higiene pessoal e de limpeza, água mineral e agasalhos em perfeito estado para uso.

 “A Taça das Favelas não é só futebol. Não organizamos este campeonato com o intuito de formarmos grandes jogadores de grandes clubes. Mas, sobretudo, grandes mulheres e grandes homens, que vão ocupar papel de protagonismo dentro da nossa sociedade. Ações como essa são a prova disso”, explicou Celso Athayde idealizador da Taça das Favelas. 

Depois dos DIPE’s, os próximos eventos serão o Sorteio das Chaves, o Workshop Social e o Congresso Técnico, no dia 28 de março, na sede da CUFA, no Viaduto de Madureira. A bola começa a rolar no dia 4 de abril, no Campo do Realengo.